Solidariedade aos presos políticos do Estado reacionário brasileiro

16.12.2014

Diante da crescente repressão fascista levada a cabo pelo governo de Dilma Rousseff contra os combatentes do povo, a União Reconstrução Comunista expressa sua solidariedade combativa a todos os presos políticos do Estado reacionário brasileiro. Particularmente nos últimos dias, um mês após o fim das eleições burguesas, que faziam verdadeiros odes a uma suposta "democracia" genérica e carente de sentido, a democracia burguesa e latifundiária escancara ainda mais sua verdadeira face de democracia para os grandes capitalistas e latifundiários, e ditadura sobre os operários, camponeses e todos os combatentes do povo. 

 

Atualmente, como maneira de intimidar e reprimir o crescente protesto popular que vem tomando as ruas dos centros urbanos brasileiros desde meados do ano passado, o Estado brasileiro vem realizando dezenas e centenas de arbitrárias "prisões preventivas" para massacrar, encarcerar e calar todos aqueles que através de suas posições e ações concretas vêm se opondo ao sistema explorador e opressor brasileiro, e denunciando não apenas as prisões arbitrárias contra manifestantes, como também as políticas anti-povo de aumento exponencial dos alugueis por conta da especulação imobiliária, aumento das tarifas dos transportes públicos, descaso com a saúde e educação públicas, precarização do emprego, violência policial higienista e racista contra moradores de regiões periféricas, dentre várias outras políticas anti-povo e anti-nação. 

 

Manifestamos particular solidariedade ao companheiro Igor Mendes, ativista da FIP-RJ e defensor dos direitos do povo, desde o dia 3 de dezembro está "preventivamente" encarcerado pelo Estado brasileiro sob as mais absurdas e infundadas acusações. O companheiro Igor, que desde o fim da Copa do Mundo vem sendo criminalizado e processado pelo Estado juntamente com outros ativistas, está agora numa penitenciária passando por todo tipo de dificuldades e arbitrariedades, dificuldades estas atenuadas por sua firmeza e persistência de prosseguir na luta popular e pela solidariedade que os demais presos e ativistas de fora da prisão lhe vem prestando. 

 

É necessário que todos os democratas e patriotas estejam de sobreaviso para prestar sua concreta solidariedade no caso do prosseguimento de novas arbitrariedades.

 

LIBERDADE PARA OS PRESOS POLÍTICOS!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload